Escravo do tempo

O pensamento é escravo da vida, e a vida é o bobo do tempo. (Shakespeare)

Eu quero poder me afastar do grande sentimentalismo que me afeta ao tempo que respiro ...
Só me vejo na impossibilidade de que algo seja totalmente contra os meus rumores, mesmo assim dentre os dentes que me forçam a boca eu tento abri-la e respirar forçadamente para que meus pulmões se aliviem aos poucos.
Tendo como se tudo que vivi e que quero viver fossem por água abaixo eu me vejo...
Vendo que tudo que eu quero e preciso está longe, longe de mim, longe do meus braços...

Mesmo sabendo que as coisas não estão simplesmente acabada eu tento pensar...
Eu tento raciocinar, mas me vejo com essa impossibilidade cruel que não me deixa respirar...
Que não me deixa aliviar pulmões para que assim possa respirar...
Para que assim tudo possa se ajeitar na mais tranquila calmaria do seu coração.
Eu não quero estar certo ou errado de algo, quero apenas participar disso de tal forma que seja necessariamente crucial para o meu bem-estar, para o seu bem-estar...
Eu lhe darei tempo, eu terei paciência para que possa acontecer o que for necessário.

.

  1. gravatar

    # by Ausência Instável - 6 de fevereiro de 2010 13:14

    Por tantas vezes paramos no tempo, por circunstâncias de nossas fragilidades que colocamos na nossa frente, então porque não colocar a coragem estampada na cara ?

    Parabéns pelas palavras no texto, expressam muito bem.
    Aparece lá no Ausência Instável, vai gostar.
    Beijão!

  2. gravatar

    # by Sonia Schmorantz - 7 de fevereiro de 2010 01:26

    "É a possibilidade que me faz continuar e não a certeza. Uma espécie de aposta da minha parte. E embora me possam chamar sonhador, louco ou qualquer outra coisa, acredito que com Deus tudo é possível..."
    Um lindo domingo e ótima semana!
    abraços

Por favor, evite comentários como "Que Blog legal", "Gostei do Post", "Adorei o Blog", "Continue assim".Se estamos aqui é para escrever algo criativo por que somos capazes. Basta ter força de vontade e ler !
Comentário já uma forma de divulgação.
Comentários com links seram recusados no ato.
Abraços e uma ótima leitura.

Bruno Alves